Princípios de Standing.

Os utilizadores de cadeiras têm alto risco de desenvolver condições secundárias porque frequentemente sentam-se por períodos longos de tempo. Estas condições secundárias podem reduzir significativamente a sua qualidade de vida.

As vantagens de colocar os utilizadores numa posição de standing inclui aumentar a massa óssea, ligamento dos músculos, aumento da capacidade respiratória e aumenta o desenvolvimento da articulação da anca.

A posição vertical aumenta igualmente a área de visão e aumenta o seu bem estar. Suportar o peso é importante para o utilizador desenvolver e fortalecer os encaixes da anca.

Standing pode:

  • aumentar a densidade do osso
  • diminuir as contraturas dos membros
  • melhorar a função cardiopulmonar
  • melhorar a digestão
  • aumentar o crescimento do osso
  • aumentar a agilidade

Muitos pacientes com paralisia cerebral são utilizadores de bases de standing. dizem que, a espacidade das suas pernas diminui com a utilização regular da base standing. Em anos recentes a ciência mostrou que o standing tem um efeito positivo na redução e prevenir espacidade.

Fazer standing frequentemente é mais importante do que a duração prolongada de tempo em standing. Num desenvolvimento normal a criança começa a gatinhar/puxar a si mesmos com 8 meses, pondo de pé com 10 meses e caminhando aos 12-15 meses.

Recomendamos que a criança com deficiência tenha a sua primeira base de standing ao mesmo tempo que a maioria das crianças começa a suportar o seu peso total nas suas pernas, por volta de 1 ano de idade.

Quando se faz standing:

Quando se posiciona uma criança numa base de standing é importante usar a pelvis como ponto chave. A pelvis tem que estar simétrica e tem que ser neutramente inclinada.

O utilizador tem que ficar simetricamente com peso igual em ambas as pernas e com a pelvis em posiçao neutra. Cabeça e corpo devem estar em linha recta.

Standing inclinado:

Standing inclinado estimula o utilizador para uma extensão mais activa, especialmente se a base é inclinada alguns graus para a frente. Standing supino é escolhido se o utilizador tiver um fraco controlo de cabeça ou para tornar uma transferência para a base de standing mais fácil.